NOSSOS PATRONOS

São Judas 3.jpg

São Judas Tadeu

São Judas Tadeu é um santo cristão e um dos doze apóstolos de Jesus

A Bíblia narra que Cristo escolheu os doze apóstolos, entre os quais estava “Judas, filho de Tiago” (Lc 6, 12-16). São Judas também é também chamado de “Tadeu” por São Marcos (Mc 3, 18) e São Mateus (Mt 10, 3).

O Evangelho de Mateus (13, 55) inclui Judas Tadeu entre os parentes de Jesus e a mãe dele era muito próxima de Maria, a mãe do Salvador. 

São Judas acompanhou Jesus Cristo, ouviu seus sermões e assistiu aos seus milagres. Ele estava presente na Última Ceia e foi testemunha da instituição da Eucaristia. Como todos os apóstolos, ele presenciou também a Paixão, Morte, Ressurreição e Ascenção do Senhor. 

São Judas pregou o cristianismo na Síria, Mesopotâmia e Armênia. Segundo relatos, ele foi martirizado em Edessa, a golpes de machado. Por isto ele normalmente é representado com um livro, simbolizando o Evangelho e com um machado, pelo qual foi morto.

Para o povo de Deus, São Judas Tadeu é santo milagroso, das causas desesperadas ou de urgente necessidade, o poderoso intercessor, amigo, apóstolo e parente de Jesus. Sua festa é celebrada no dia 28 de outubro.


Lourdes_6.jpg

Nossa Senhora de Lourdes

Nossa Senhora de Lourdes é a padroeira dos enfermos e a santa das curas milagrosas.

No dia 11 de fevereiro de 1858 Nossa Senhora apareceu pela primeira vez a Santa Berdadete Soubirous, na pequena cidade de Lourdes, na França. Depois disto, a Virgem Maria apareceu ainda outras 17 vezes e mandou que Bernadete cavasse a terra, de onde brotou uma fonte de água.

Esta fonte está jorrando água até hoje e é o local mais visitado do Santuário de Lourdes. Milhões de peregrinos e devotos vão todos os anos até lá, se benzem, bebem, se banham com a água desta fonte e pedem a cura das doenças do corpo e da alma.

69 casos de curas milagrosas já foram devidamente reconhecidas pela Igreja Católica. Cada fato é analisado pela Associação Médica Internacional de Lourdes que deve atestar que não há explicação científica para a cura. 

Por isto Nossa Senhora de Lourdes é a Padroeira dos doentes e a Igreja Católica realiza a Jornada Mundial dos Enfermos todos os anos na festa d’Ela, dia 11 de fevereiro.

Em suas 18 aparições, a Virgem de Lourdes transmitiu a Bernadete uma mensagem para a humanidade. Ela pediu que todos rezassem o Rosário, se convertessem, tivessem uma vida cristã e fizessem penitência.